inchaço e retenção de líquido

Hoje trouxemos nessa matéria 12 dicas que ajudam a combater o inchaço e a preveni-lo. A retenção de liquido prejudica a perda de peso, pode provocar doenças e tantos outros problemas.

Ninguém gosta de se sentir inchado. Infelizmente, a maioria das mulheres está familiarizada com a sensação desagradável de ter uma barriga inchada. Embora alguns homens também sofrem desse problema. Porém comparado as mulheres, apenas 15% dos homens possuem esse desconforto.

O inchaço e a retenção de liquido. ocorrem frequentemente em tempos inoportunos. Como quando você tem que se vestir para um jantar ou quando está prestes a desfrutar de algum momento de intimidade ou distração na sua vida conjugal.

O alongamento da barriga ou do inchaço abdominal, geralmente ocorre como resultado do excesso de fermentação no trato digestivo. Alguns fatores comuns que provocam esse desconforto, são: estresse, sensibilidade ou intolerância aos alimentos, falta de enzimas, peristaltismo descoordenado ou consumo em excesso de fibra, dentre outros podem desencadear o acúmulo de gás no estômago.

 

Dicas e dicas para evitar o inchaço

O correto é evitar que o ocorra esse inchaço, ou seja, prevenir que o corpo retenha o liquido e assim consecutivamente estaremos prevenindo todo o desconforto gerado por essa situação. Pois uma vez que a retenção ocorre, o organismo desencadeia uma série de sintomas chamados “inconvenientes” sendo um deles, a formação de gases, posteriormente temos o inchaço do abdômen, das pernas e pés, podendo ainda, ocorrer uma fermentação estomacal, entre tantos outros problemas.

 

1. Coma somente quando você realmente sente fome

Evite comer por uma reação emocional, ou seja, cuidado com a ansiedade e com a compulsividade, pois nesses momentos a tendência é descontar na comida, essa pratica pode resultar em distensão da barriga e isso gera um excesso de gases dentro do intestino.

 

2. Permita a digestão de seu primeiro alimento antes de passar para o próximo

É aconselhável um tempo razoável de 3 horas entre uma refeição e outra. Esse tempo é necessario para que ocorra a digestão do alimento que foi consumido. Essa dica é importante, pois ao respeitar o tempo entre uma refeição e outra, você esta permitindo que o corpo tenha tempo suficiente para processar o alimento, evitando assim a formação de gases.

 

3. Mastigue bem e não fale enquanto você mastiga

Se você está comendo com mais pessoas, deixe o gosto e a experiência da comida ser seu único foco. Não é aconselhável comer e conversar ao mesmo tempo.

 

4. Cuidado com o consumo de fibras

A fibra grosseira ou mal mastigada irá diminuir a passagem através do sistema digestivo e diminuir a velocidade na qual o alimento é digerido e absorvido. Então, se você não morder um pedaço de pão ou um pedaço de batata corretamente, você está deixando muito mais trabalho para o estômago, que como consequência,  demorará mais para efetuar o processo de digestão,podendo assim dar tempo e espaço para a fermentação do que foi ingerido.

 

5. Coma alimentos de fácil digestão

Concentre-se em sopas e refeições, onde há apenas um alimento consistente a ser digerido. Evite alimentos pesados, gordurosos, ricos em carboidratos. Quanto mais leve for a sua refeição, maior aproveitamento tera no seu organismo e o mesmo se encarregara de metabolizar e digerir com velocidade, evitando assim a formação de gases e fermentação dos alimentos no estômago. Quanto mais saudável e natural for o seu cardápio, melhor qualidade de vida você tera.

 

6. Coma frutas pelo menos 30 minutos antes das refeições

Não coma frutas após uma refeição. Este hábito contribui para a formação de gás e leva a inchaço, as frutas sempre devem ser comidas antes das principais refeições da sua dieta, por cerca de 15 a 20 minutos entre as refeições.

 

7. Use o gengibre

Tente mastigar um pedaço de gengibre com suco de limão 20 minutos antes das refeições, esse processo ajuda a prevenir a ma indigestão, a formação de gases e a retenção de líquidos. E para finalizar, é depurativa, ajuda a eliminar as toxinas presentes no organismo.

 

8. Use especiarias para estimular a digestão ao preparar seu alimento

Use pimenta preta, gengibre, cominho, coentro, cardamomo ou erva-doce. Ambas rendem o alimento mais saboroso e aceleram a digestão do mesmo quando em contato com o estômago.

 

9. Não beba nada frio enquanto estiver comendo

O ideal é limitar os alimentos frios, de preferência para os que estão na temperatura ambiente, assim ao serem consumidos, não terão um shock térmico com o estômago.  Isso se aplica aos pratos quentes e frios e também as frutas, que devem estar à temperatura ambiente (não diretamente da geladeira). Se você não pode evitar consumir algo frio, um pouco de chá de gengibre depois das refeições, pode ajudá-lo acelerando o processo digestivo e assim evitar a formação de gases.

 

10. Evite as bebidas por 30 minutos após a refeição

As bebidas diluirão os sucos digestivos e dificultarão a digestão dos alimentos.

 

11. Reduza o sal

Qual é a maneira mais fácil? Comece a cozinhar suas próprias refeições. As refeições do restaurante são muitas vezes muito salgadas e incluem sais insalubres; em sua casa é aconselhável que comece a usar sal marinho para representar o sal comum.

 

12. Elimina cafeína e álcool

Isto é particularmente importante se você tem um intestino com vazamento ou sofre de inflamação constante no intestino, evitando cafeína e álcool irá ajudá-lo a se afastar dos problemas de inchaço.

 

A redação.

 

Se você gostou, compartilhe, ajude a divulgar nosso trabalho informativo.

Equipe Emagrecer vida e saúde

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked*

%d blogueiros gostam disto: