dores articulares

Atualmente milhares de pessoas em todo o mundo preferem tratamentos alternativos, principalmente aqueles homeopáticos. Há certos problemas de saúde, que as pessoas devem conviver para sempre, como é o caso das patologias autoimunes e também aquelas que afetam as articulações.

Em verdade, é bem comum com o avanço da idade a musculatura se consumir, é aí que surgem essas doenças articulares, as quais, temos que aprender a conviver por toda a vida. Por essa razão, é comum, que as pessoas optam por tratamentos naturais.

Os remédios químicos, aqueles de farmácia, para quem tem que consumir todos os dias, com o passar do tempo, pode ser um grande problema. Eles deixam muitas toxinas no organismo, afetam o estomago e a longo prazo podem causar outros problemas para a saúde.

Dessa forma, compreendemos que o problema dos anti-inflamatórios industrializados, é que eles carregam uma grande quantidade de substâncias químicas, que são nocivas ao corpo. Todavia, por outro lado, a natureza é o maior laboratório do mundo e há ingredientes naturais com ótima ação anti-inflamatória.

Outrossim, a vantagem destes é que não têm efeitos colaterais e são muito mais econômicos, também demonstram excelentes resultados a longo prazo e podem ser uma alternativa bem mais saudável para todo o organismo.

Abaixo o leitor vai encontrar 6 espécies naturais com propriedades medicinais terapêuticas, que podem ser uma excelente alternativa para tratar dores nos joelhos, coluna e outros.

1. Alecrim

A saber, é uma erva aromática muito utilizada na culinária, principalmente para temperar carnes. Todavia, dela podemos fazer óleos medicinais, chás, infusões e inclusive pomadas naturais. Suas propriedades medicinais são surpreendentes, tem efeito calmante e contém ácido ursólico – que combate a infecção que se forma ao redor das cartilagens ou nas articulações.

Dica de como usar

Ingredientes

200 gramas de alecrim

2 copos de água (400ml)

Modo de preparo

Basta fazer uma simples infusão. Primeiramente leve a água ao fogo, quando estiver fervendo, adicione os ramos de alecrim e deixe repousar por 20 minutos. Em seguida, desligue o fogo e espere esfriar. Posteriormente, beba 2 corpos do chá diariamente.

2. Cavalinha

Por ter propriedades anti-inflamatórias, ser rica em vitaminas e minerais, a cavalinha pode ser uma excelente alternativa para quem sofre com dores. Basta consumir o chá diariamente.

Outrossim, a cavalinha possui propriedades: anti-inflamatórias, diuréticas, cicatrizantes, adstringente, anti-hipertensiva, anti-hemorrágica, anti-reumática, antioxidante, digestiva, antidiarreica, antimicrobiana e remineralizante. Portanto, faça uma infusão com água e erva cavalinha e beba duas vezes por dia.

3. Açafrão-da-terra (ou cúrcuma)

Este ingrediente é sempre citado em tratamentos que precisam de propriedades anti-inflamatórias. Ele é realmente muito poderoso. Outrossim, o açafrão também é antioxidante e analgésico natural, o que o permite combater infecções e aliviar danos nos tecidos. Esse conjunto de propriedades, ajudam no combate das infecções e das dores articulares.

Estudos demonstraram que a curcumina, substância presente em abundância no açafrão, aumenta a resistência das células aos danos oxidativos. Outrossim, reduz os processos inflamatórios no organismo. O consumo desse extrato ainda inibe o crescimento de bactérias, parasitas e fungos, que provocam doenças.

Dica de como usar

Ingredientes

1 colher (sopa) de açafrão-da-terra

3 copos de água (750ml)

3 colheres (sopa) de mel puro

Modo de preparo

Primeiramente, esquente a água até ferver. Já no início da fervura, adicione o açafrão. Em seguida, deixe que entre em ebulição por dez minutos e depois desligue o fogo. Posteriormente, coe a mistura e, em seguida, adicione o mel. Por fim, consuma ao longo do dia, aos poucos. Com o tratamento diário, a inflamação desaparecerá rapidamente.

4. Gengibre

Esta raiz é a preferida de muita gente. Ela é anti-inflamatória e bastante eficaz contra dores articulares. Também é uma raiz termogênica muito útil na perda de peso. O gengibre é riquíssimo de substâncias terapêuticas e grande amigo da saúde. Todavia, precisa ser consumido com moderação, principalmente se uma pessoa sofrer de pressão alta.

Todavia, seu poder anti-inflamatório é notório. Outrossim, o gengibre é usado para aliviar dores decorrentes da artrite, dores musculares, infecções do trato respiratório, tosse, asma e bronquite. A planta integra a formulação de xaropes por causa de sua ação anti-inflamatória e antimicrobiana.

E mais, excelente para combater problemas estomacais. Pois combate enjoo, gases, indigestão, náuseas causadas pelo tratamento do câncer e perda de apetite. Outrossim, auxilia na digestão de alimentos gordurosos e protege o fígado. Não é à toa que uma substância presente na raiz do gengibre é usada na fabricação de medicamentos laxantes, antigases e antiácidos.

Dica de como utilizar

Ingredientes

200 gramas de raiz de gengibre ralada

2 copos de água (400ml)

2 colheres (sopa) de mel

Modo de preparo

Coloque a água para ferver. Em seguida, no início da fervura, adicione o gengibre e deixe-o cozinhando por 20 minutos. Passado esse tempo, desligue o fogo e deixe a infusão descansar por dez minutos. Depois coe e adicione o mel. Posteriormente, beba dois copos por dia.

5. Linhaça

Esta semente não é cara e tem propriedades anti-inflamatórias maravilhosas. Além disso, fortalece a imunidade, graças à presença de ômega 3. Outrossim, o ômega 3 é eficiente para combater inflamações e a linhaça é uma ótima fonte desse nutriente. Você só precisa ingerir duas colheres (sopa) diariamente. Bem como, podemos consumir com saladas ou em qualquer outro prato.

No entanto, não cozinhe, pois a temperatura alta pode diminuir os efeitos da semente, além de dificultar a digestão. O ideal e o mais saudável é consumir crua, em shakes, vitaminas, sucos ou sobre o iogurte com frutas.

6. Cereja

Nos Estados Unidos, muitos atletas tomam suco de cereja antes e depois de se exercitarem, pois essa fruta tem ação anti-inflamatória e ajuda na recuperação muscular.

A saber, a cereja é rica em nutrientes antioxidantes, como as vitaminas A e C, e em minerais como potássio e cálcio, auxiliando no fortalecimento do sistema imunológico e combatendo o envelhecimento precoce.

Ela, previne aterosclerose, por ser rica em antocianinas, poderosos antioxidantes. Combater inflamações no organismo, por conter vitamina C. Previne o câncer de cólon e de estômago, pois as antocianinas protegem o intestino.

Outrossim, previne doenças cardíacas, por ajudar a controlar o colesterol e prevenir aterosclerose. Melhora a saúde da pele, olhos, unhas e cabelos, por ser rica em betacarotenos. Ajuda a reduzir os sintomas de artrite, por atuar como anti-inflamatório.

Veja como é simples preparar um xarope medicinal de cereja:

Ingredientes

300 gramas de cereja

250 ml de água

250 gramas de açúcar mascavo

Preparo

Primeiramente, liquidifique as cerejas e a água no liquidificador. Em seguida, coe esse suco e coloque-o numa panela. Adicione o açúcar e leve a panela a fogo baixo, mantendo a chama baixa até o açúcar dissolver. Posteriormente, mexa sempre e deixe o líquido reduzir por mais 20 minutos, sempre em fogo baixo. Coe a mistura e ponha numa garrafa esterilizada. Em seguida, tampe a garrafa e consuma em duas semanas. Por fim, tome o xarope diluído em água fria ou quente.

Visitem nossa Página no Facebook para mais dicas e conselhos…

Esse é um blog de dicas, receitas e conselhos, mas o conteúdo divulgado não substitui o papel do médico especialista, portanto, em caso de dúvida, consulte sempre seu médico.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked*

%d blogueiros gostam disto: