irritações da pele

Certamente o leitor não tem a mínima ideia do que o estresse pode provocar no organismo. Alguns médicos o definem como uma doença silenciosa. Outrossim, como uma ameaça para o século vigente.

Entretanto, muitos não levam o assunto a sério e dia após dia, mais e mais pessoas vivem o drama do estresse e pagam duras consequências vivendo os sintomas de forma intensa e involuntária.

A equipe do site Emagrecer com vida e saúde, depois de infinitas pesquisas e consultas, identificou 7 consequências que atinge o organismo de forma cruel e provoca inúmeras complicações para a saúde humana

Baixa imunidade

O estresse quando atinge seu ápice libera uma substância, se trata de um hormônio, chamado cortisol que provoca fatiga, cansaço e afeta diretamente os níveis de defesa do organismo. Portanto, quando uma pessoa é submetida a grande estresse, por conta do cortisol que é liberado, espessamente é sempre doente.

Doenças de pele

Só quem já passou por intensas crises de estresse sabe, que a psoríase tem uma relação intima com este quadro. Pessoas extremamente estressadas, possuem imunidade baixa por conta do cortisol, com isso acaba sendo atingindo em cheio por doenças psicossomáticas, como é o caso da psoríase.

A saber, é comum aparecer na pele eczemas, irritações, coceiras intensas, pequenas feridas e por fim é também comum desenvolver a psoríase.

Desequilíbrio hormonal

A saber, uma pessoa que é submetida ao estresse libera no organismo o cortisol e a adrenalina, isso faz com que a longo ou a curto prazo a pessoa comece a engordar. Todavia, em alguns casos pode acontecer da mesma perder peso, o que é raro.

Outrossim, por conta do desequilíbrio hormonal, mulheres podem também enfrentar grande desequilíbrio no ciclo menstrual. Portanto, além de problemas com a tireoide, aumento e diminuição de peso, problemas dermáticos, ainda pode acontecer os distúrbios menstrual.

Unhas fracas e queda de cabelo

Certamente era de imaginar que as intensas crises de estresse, uma vez que prejudica o sistema imunitário, poderia também influenciar na queda dos fios de cabelo, bem como, na atingir em cheio a saúde das unhas.

A saber, elas ficam frágeis, quebram com facilidade, apresentam dificuldade no crescimento e tendem ainda, a ficar amareladas e em alguns casos mais complexos podem apresentar pequenas ondulações.

Problemas estomacais

Embora o leitor não acredite, o estres é um sério problema que por fim atinge todo o corpo. Por conta dos momentos estressantes que um indivíduo enfrenta durante o dia, há um grande aumento de fluxo e suco gástrico no estomago.

Portanto, por essa razão é comum pessoas estressadas sofrerem de gastrite, úlcera nervosa, e geralmente tudo que comem fermenta no estomago por conta do excesso de suco gástrico.

Lapsos de memória

Pessoas estressadas acabam comprometendo algumas funções do cérebro, ou seja, quanto mais estressada a pessoa fica, mais lento fica o raciocínio.

A saber, a longo prazo começa a apresentar lapsos de memória, isso porque, por conta do estres se eleva a quantidade dos chamados glicocorticoides no cérebro, dificultando a capacidade de guardar informações.

Dor de cabeça

As intensas crises de estres provocam rigidez nos ombros, pescoço e em alguns casos afeta a coluna cervical. Todo esse contesto provoca uma diminuição do fluxo de sangue, uma vez que os vasos são atingidos, ocorre a diminuição da passagem do sangue que vai para o cérebro, gerando assim uma dor de cabeça intensa e forte.

Considerações finais

Enfim, como se pode observar o estres não faz bem a ninguém e nem mesmo ao organismo humano. Embora não existam ainda provas cientificas de que ele seja um mal para o atual século, sabemos que ele efetivamente provoca inúmeros distúrbios. Portanto, evitá-lo é a melhor coisa que uma pessoa sabia possa

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked*

%d blogueiros gostam disto: