Pages Navigation Menu

Portal de saúde e nutrição dedicado especialmente para aqueles que desejam emagrecer fazendo reeducação alimentar.

Cereja: o mais potente anti-inflamatório da natureza

Para quem gosta de cerejas, uma ótima notícia: além de combater os radicais livres no organismo, entre outros benefícios, a fruta é o mais poderoso anti-inflamatório encontrado na natureza.

A afirmativa é de cientistas da Oregon Health & Science University, na cidade de Portland, nos Estados Unidos, que apresentaram sua pesquisa no American College of Sports Conferência Medicine (ACSM). Segundo os pesquisadores, a substância responsável pela potência terapêutica das cerejas são as antocianinas, uma classe especial de flavonoides, substância que além da coloração característica da cereja, traz diversos benefícios para a saúde.

Os pesquisadores fizeram o estudo em mulheres com idades entre 40 a 70 que tinham osteoartrite, doença das articulações que se caracteriza pela degeneração das cartilagens, acompanhada de alterações das estruturas ósseas vizinhas às articulações.

 

 

 

E chegaram à conclusão que ingerir suco de cereja duas vezes por dia, durante três semanas, pode levar a reduções significativas nos marcadores de inflamação importantes, especialmente entre aquelas que tinham os mais altos níveis de inflamação no início da pesquisa.

Mas, as informações a respeito do potencial benéfico das cerejas para o organismo não param por aí. Estudos demonstram que a fruta não só é rica em antocianinas, mas também apresenta uma grande variedade deste composto, além de outros fito nutrientes poderosos, que trabalham em conjunto para proporcionar maior potência terapêutica.

Vale lembrar que existem outros alimentos ricos em antocianinas, como mirtilos, ameixas, uva, framboesas, morangos, maçã vermelha, rabanete, tomate, repolho roxo e berinjela, entre outros.

Porém, num teste levando-se em conta seis tipos diferentes de antocianinas, incluindo a cianidina e a peonidina, foi possível descobrir que apenas a cereja continha todos os compostos, enquanto a maçã vermelha continha um, morangos continham dois e as uvas continham três compostos.

E o que isso significa? Significa que a cereja pode prevenir e ajudar a tratar diferentes tipos de doenças. E a cada dia novas pesquisas vêm sendo feitas neste sentido, com cientistas testando terapias de consumo com diferentes quantidades, de diversas variedades de cerejas, em quase todas as formas, de suco a pílulas.

 

7 grandes razoes para inclui-las no seu cardápio

Anti-inflamatórias: as cerejas ganharam fama como um dos mais poderosos anti-inflamatórios da natureza, o que significa que elas são benéficas por várias razões. Devido às antocianinas das cerejas, os investigadores mostraram a sua eficácia contra os danos dos radicais livres e a inibição das enzimas ciclooxigenase, sendo melhor do que muitos químicos anti-inflamatórios.

Benefícios para a artrite: de acordo com a Arthritis Foundation, beber sumo de cereja misturado com água três vezes por dia pode ser benéfico para pessoas com artrite. Isto devido às suas propriedades anti-inflamatórias.

Saúde do coração: um estudo da Universidade de Michigan descobriu que uma dieta que inclui cerejas reduz todos os fatores de risco para a doença cardíaca, incluindo a inflamação, gordura corporal e colesterol.

Proteção contra o cancro: investigadores descobriram que as cerejas doces ajudam na luta contra o cancro, graças ao seu alto nível de um antioxidante chamado cianidina. A cianidina é um importante eliminador dos radicais livres e também pode promover a diferenciação celular, um processo importante na luta do organismo contra as células cancerosas.

Fonte de Energia: Antocianina também é bom para o cérebro e tem sido comprovado que ajuda a melhorar a memória.

Rico em Betacaroteno: as cerejas são ricas em betacaroteno, que contém 19 vezes mais do que mirtilos ou morangos.

Ajuda no Sono: as cerejas contêm melatonina, uma hormona que regula os ciclos de sono do corpo.

 

 

Fonte: Nutrição e desenvolvimento e Frutas do cavado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: