Pages Navigation Menu

Portal de saúde e nutrição dedicado especialmente para aqueles que desejam emagrecer fazendo reeducação alimentar.

Mau cheiro nos pés, axilas e vagina

O mau cheiro dos pés, axilas e vagina, nem sempre pode ser falta de higiene. Ha pessoas por exemplo, que pouco tempo após o banho, já apresentam um cheiro forte. O que fazer para evitar esse tipo de transtorno?

Exagerar no desodorante e no perfume, provavelmente não é a melhor escolha, por isso, pensando em colaborar, trouxemos algumas dicas que podem te ajudar a resolver o problema.

 

Mau cheiro na vagina

Secreções vaginais são normais e possuem odor praticamente imperceptível que pode mudar de acordo com cada fase do ciclo menstrual. No entanto, a flora vaginal pode sofrer alterações que podem provocar cheiros desagradáveis. Esse cheios podem variar, exemplo: se você esta tomando um antibiótico, a tendência é um leve aumento dessa secreção e um forte odor. Assim também, quando consumimos determinados alimentos, o aspargo é um deles, quando consumido, sentimos um forte cheiro tanto na urina como no interior da vagina.

 

mau-cheiro-na-vagina

 

O que fazer para evitar esse problema? Use roupas intimas de algodão, peças leves, evite roupas apertadas, e de preferência para tecidos que permitem a transpiração natural do corpo. Segundo ginecologistas, lavar muitas vezes a vagina durante o dia, prejudica a flora natural do corpo, portanto o ideal é fazer somente uma limpeza ao dia.

Uma boa dica é fazer banhos com bicarbonato, 1 x ao dia, ele ajuda a eliminar impurezas, elimina coceiras, irritações e também ajuda a moderar o mal cheiro, deixa a vagina seca e limpa por um longo período de tempo.

Os absorventes de uso diário, devem ser utilizados somente no final da menstruação e evitados diariamente, porque impedem a respiração normal da pele. Ou seja, quando mais abafado for, maior sera a probabilidade de fungos, secreções e mal cheiro.

 

Como evitar mau cheiro nas axilas

O odor forte nem sempre aparece apenas depois de uma longa sessão de exercícios na academia. Alguns hábitos e alimentos são capazes de aumentar o cheiro desagradável causado pelas bactérias que se instalam debaixo dos braços.

Em excesso, bebidas alcoólicas e com cafeína podem provocar aumento do mau cheiro sob as axilas. Evite também temperos fortes, já que eles possuem uma substância volátil e sulfúrica que você pode exalar no seu suor. Queijo azul, repolho e vinagre também podem contribuir para um odor corporal desagradável.

Aposte em vegetais ricos em clorofila, como couve, brócolis e espinafre, que ajudam a neutralizar o cheiro de alimentos que causam odor nas axilas.

Beber muito líquido ajuda a limpar seu organismo de forma natural, eliminando toxinas e evitando o mau cheiro produzido pelo corpo. Após o banho, seque bem as axilas. A pele está seca dificulta a ação de bactérias que causam o odor corporal.

Tecidos naturais, como algodão e lã, evitam a produção e acúmulo do mau cheiro pois garantem ao corpo a capacidade de respirar e manter o ar circulando entre a pele, mantendo longe a umidade.

Mantenha a depilação das axilas em dia. Os pelos na região criam um ambiente propício, quente e úmido para as bactérias. Além disso, os fios absorvem os odores e dificultam a evaporação do suor.

mau cheiro 1

Como evitar mau cheiro nos pés

Popularmente conhecido como chulé, a bromidrose é caracterizada pelo odor desagradável nos pés e pode ter uma série de causas que provocam incômodo e desconforto. Entre os principais fatores para o mau cheiro está a proliferação de bactérias, propiciada pelo suor ou por infecções fúngicas.

Como contornar essa situação? Lave sempre bem os pés com sabonete, bucha ou escova. Além disso, não se esqueça de secar bem entre os dedos dos pés com a toalha, seque de modo que entre os dedos fique totalmente seco, pois a umidade que ficar ali, sera o pivo central de toda a proliferação de fungos e mal cheiro.

Evite meias sintéticas, sapatos de borracha ou plástico. Prefira calçados com forros de couro ou algodão e procure deixar os pares para secar em locais arejados e ensolarados.

Você pode ainda usar o secador de cabelo para retirar a umidade do sapato e, todas as vezes antes de usá-lo, aplicar um pouco de talco em cada par. Outra boa dica, caso você use sapatilhas, é apostar em um truque com absorvente íntimo.

Quem sofre com umidade excessiva nos pés, pode lavar a região com sal diariamente. Prepare uma bacia com água morna, adicione cerca de 4 colheres de sal, e deixe-os mergulhados por cerca de 10 minutos. Depois de retirá-los, deixe que sequem naturalmente. O mesmo processo pode ser feito com chá verde ou chá preto.

O vinagre também pode ser um grande aliado no combate ao chulé. Prepare uma bacia com água morna e adicione 2 colheres do produto. Deixe os pés de molho por 10 minutos e deixe secar ao natural.

Soluções caseiras e escalda-pés se mostram bastante úteis contra o odor ruim nos pés. Você pode combater o chulé com soluções de alecrim, bicarbonato de sódio e até limão.

Se você gostou, compartilhe!

 

Fonte: Dicas e noticias aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: