Pages Navigation Menu

Portal de saúde e nutrição dedicado especialmente para aqueles que desejam emagrecer fazendo reeducação alimentar.

O seu olho treme de vez em quando?

O seu olho treme de vez em quando? Se sim, a causa pode ser uma desses itens que abordaremos abaixo. Super recomendo a leitura do artigo.

Existe um músculo ao redor de seu olho, chamado de orbicular dos olhos (na verdade, há vários músculos ao redor de seu olho, mas vamos falar somente deste). Ele treme, e faz com que você sinta esse desconforto que é muito chato por sinal.

Muitas pessoas desenvolvem esse problema, e é por isso que estamos aqui para tratar desse assunto.

 

As verdadeiras causas

O que mais se diagnostica é estresse. Tanto o mental, o cansaço e a ansiedade podem causar. Dependendo da intensidade do estresse esse problema pode ter intervalos, ficando mais intenso ou mais pausado.

 

olhos_tremem

 

Mas em casos em que as mioquimias parecem não ir embora, permanecendo cada vez mais constantes, e especialmente quando vêm com outros sintomas, como contrações de fibras dos grandes músculos dos braços e pernas (fasciculações), alterações de força ou sensibilidade, cansaço excessivo e incapacidade de realizar exercícios (intolerância ao exercício), ou quando apresentam sintomas gerais como fadiga, emagrecimento, náuseas, vômitos, alterações do ritmo cardíaco (arritmias) ou alterações visuais/paladar/olfato, denotam casos graves e que precisarão ser investigadas por um neurologista em consultório.

O pequeno tremor que acontece ocasionalmente, pode ser benigno, e indicar somente que você está precisando descansar. Mas se for constante você deve procurar um médico o mais rápido possível.

 

Outras causas de mioquimia:

1. Distúrbios elerolíticos, como alterações de magnésio, cálcio, fósforo, sódio, potássio

2. Problemas de tireoide, especialmente hipertireoidismo, mas hipotireoidismo também

3. Lesões cerebrais, especialmente gliomas (tumores) de tronco

4. Esclerose lateral amiotrófica (causa grave, e que leva a mioquimia persistente juntamente com outros sintomas de evolução moderadamente rápida)

5. Abuso de álcool e de outras drogas

6. Algumas medicações

7. Doenças auto-imunes, como miastenia grave e lúpus

8. Síndrome de Guillain-Barré e outras formas de radiculopatia generalizada

9. Espasmo hemifacial (causa comum) por compressão do nervo facial por uma artéria

10. Quando difusa (em vários músculos) e ocorrendo desde cedo na vida pode estar relacionada a algumas formas de síndrome de hiperexcitabilidade muscular, quando o músculo contrai de forma involuntária e espontânea, como na síndrome de Isaacs, rippling disease ou neuromiotonia

11. Outras causas, como surto de esclerose múltipla

Todos esses itens precisam ser avaliados, para que não existam dúvidas é melhor procurar um especialista. Buscamos aqui conscientizar para um problema que pode parecer simples em alguns casos, mas que em outros pode ser bem grave.

 

Fonte: Truques e dicas

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: