Odesidade: consequencias

A obesidade é um problema de saúde publica e atualmente acomete 45% da população brasileira, virou uma epidemia. Caracterizada pela acumulo de gordura no corpo, proveniente do consumo excessivo de calorias na alimentação, provoca doenças como a diabete, hiper tensão arterial, doenças vasculares, entre outras. Na realidade a obesidade deriva do fato que comemos muito mais do que gastamos. Ao dia temos uma per capita de calorias que devem ser ingeridas, se eu extrapolo esse limite e o meu consumo diário passa a ser maior que a minha necessidade, o meu organismo começa a acumular energia. Um exemplo pratico pra entendermos. Pressupondo que cada pessoa precise de 2.000 caloria/dia, façamos o seguinte calculo: hoje eu consumo 2.500 calorias, assim meu organismo acumulou 500 a mais da minha necessidade e armazenou, amanhã eu consumo 2.700 e automaticamente armazeno mais 700, e assim dia pós dia. Quando meu corpo atingir 7.000 calorias armazenadas, eu começo a engordar! Portanto, a matemática é essa, se meu organismo precisa de 2000 calorias a cada 24hs, eu não posso ingerir acima da minha necessidade, esse acumulo diário, no final das contas, vai gerar o aumento do peso e da gordura corporal e vai gerar o quadro patológico chamado obesidade, mais conhecido como “aumento do peso”.

 

Aumento do peso corporal

Como evitar a obesidade

Adote uma alimentação saudável e equilibrada. De preferência a alimentos naturais, como  frutas, verduras, carnes, peixes, ovos. Evite frituras, refrigerantes, doces, bebidas alcoólicas. Faça atividades físicas periodicamente, gaste energia, queime calorias, se você tem uma vida sedentária, saiba que precisa se movimentar para queimar o que ingeriu. A regra é simples, se exagerar na alimentação, precisa queimar o excesso, o que não pode é deixar acumular. Se você estiver acima do peso, procure a ajuda de um profissional de nutrição, para que seja criado uma dieta equilibrada. A obesidade é a maior vilã da depressão. Pessoas obesas, frequentemente são geralmente sedentárias, desanimadas, apresentam dificuldades em desempenhar as funções do dia a dia, seja em casa como no trabalho e na grande maioria, são mal humoradas.

%d blogueiros gostam disto: