alho e mel

Esta receita é incrivelmente benéfica para a saúde, foi encontrada em um mosteiro tibetano, e acredita-se que tenha milhares de anos (1822). O uso frequente tem provado que de fato ela é extremamente eficaz no tratamento de diversas doenças.

Quem prefere receitas naturais, e é adepto da medicina alternativa, certamente conhece os benefícios do alho. Outrossim, sabe o quanto ele é poderoso. Nesta receita o alho fica ainda mais especial, pois os seus nutrientes terapêuticos ficam concentrados em uma única receita.

A cura tibetana do alho é tão poderosa, que deve ser feita somente de 5 em 5 anos. O que ela vai fazer no seu corpo? Ela vai desintoxicar, limpar o sangue, queimar gorduras, fortalecer todo o aparato imunitário e não é só isso.

Benefícios do tratamento

A saber, ela ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL). Outrossim, diminui os triglicerídeos, ajuda a controlar a pressão arterial, também combate a retenção de líquidos. Por fim, melhora o funcionamento do fígado, melhora a circulação.

Outrossim, melhora o funcionamento dos rins, estimula o sistema imunológico levantando a imunidade e fortalecendo as defesas do organismo. Entretanto, além de acelerar o metabolismo e tornar mais rápida a perda de peso, é uma grande aliada da saúde.

Todavia, antes de fazer a terapia, deve-se consultar um médico, especialmente se tiver algum problema de saúde ou ser usuário contínuo de medicamentos ou estiver fazendo tratamentos particulares para alguma patologia.

Isso porque a cura tibetana, como dissemos, é muito forte e realiza uma intensa desintoxicação no organismo. Portanto, é totalmente necessário que você goze de uma esplêndida saúde, não tenha nenhuma patologia, não esteja fazendo nenhum tipo de tratamento médico. Enfim, é importante ressaltar, que o conteúdo do artigo não substitui a figura do médico especialista.

A receita é simples, e fácil de fazer. São apenas dois ingredientes, alho e cachaça. E é necessário também ter um conta-gotas, pois o tratamento é à base das gotinhas.

Ingredientes

350 gramas de alho

250 ml de cachaça

Modo de preparação

Pode fazer com os dentes de alho inteiros.

Mas a melhor forma (absorve mais os princípios ativos) é descascar e depois esmagar, fatiar, picar ou triturar o alho e colocá-los num frasco de vidro com 250 ml de cachaça.

Feche hermeticamente e coloque no frigorífico durante dez dias.

Passado esse tempo, coe o líquido com uma peneira de tela fina e leve-o de volta ao frigorífico, onde ficará por mais três dias.

Depois desses três dias, já pode iniciar a cura tibetana do alho.

A receita original pede álcool 70% para uso interno. Para facilitar, adaptamos, e no lugar desse álcool, colocamos a cachaça.

O tratamento

Primeiro dia: 1 gota antes do café da manhã, 2 gotas antes do almoço, 3 gotas antes do jantar

Segundo dia: 4 gotas antes do café da manhã, 5 gotas antes do almoço, 3 gotas antes do jantar

Terceiro dia: 7 gotas antes do café da manhã, 8 gotas antes do almoço, 9 gotas antes do jantar

Quarto dia: 10 gotas antes do café da manhã, 11 gotas antes do almoço, 12 gotas antes do jantar

Quinto dia: 13 gotas antes do café da manhã, 14 gotas antes do almoço, 15 gotas antes do jantar

Sexto dia: 15 gotas antes do café da manhã, 14 gotas antes do almoço, 13 gotas antes do jantar

Sétimo dia: 12 gotas antes do café da manhã, 11 gotas antes do almoço, 10 gotas antes do jantar

Oitavo dia: 9 gotas antes do café da manhã, 8 gotas antes do almoço, 7 gotas antes do jantar

Nono dia: 6 gotas antes do café da manhã, 5 gotas antes do almoço, 4 gotas antes do jantar

Décimo dia: 3 gotas antes do café da manhã, 2 gotas antes do almoço, 1 gota antes do jantar

A partir do décimo primeiro dia, serão 25 gotas, três vezes ao dia, até terminar o elixir.

O tratamento, como já informamos, é para ser feito a cada 5 anos.

Aviso: O tratamento é contraindicado a pessoas com úlceras digestivas ou que sofram de irritações gástricas; a pessoas que tomem anticoagulantes; ou aos que não toleram bem o alho cru.

Consulte um médico ou nutricionista antes de realizá-lo, especialmente se tiver problemas crônicos de saúde.

Observações

Importante ressaltar que a cor do líquido meio esverdeada é completamente normal, devido a certos princípios ativos do alho. Manter sempre no frigorífico. Não devemos interromper o tratamento.

A saber, durante os primeiros dias podem ocorrer manifestações e reações como erupções cutâneas, outrossim leve enjoo ou dor de estômago. Todavia, muitas dessas reações devem-se à ação desintoxicante do alho em nosso organismo.

Algumas pessoas substituem a cachaça pelo mel. Pode substituir sim, todavia não terá o mesmo efeito. Mas se o objetivo do leito é apenas fortalecer a imunidade, recomendo fazer com mel.

Esta receita tem tradições antigas de um mosteiro das montanhas do Tibete, 1822.

Visitem nossa Pagina no Facebook para mais dicas e nos ajudem a divulgar conhecimento, dicas e conselhos para a saúde…

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked*

%d blogueiros gostam disto: